Dívidas

Entenda a Central de Responsabilidades de Crédito

Entenda a Central de Responsabilidades de Crédito

A Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) é uma base de dados gerida pelo Banco de Portugal, onde consta toda a informação sobre as obrigações de crédito dos cidadãos portugueses. Lá é possível verificar todos os créditos que cada um contraiu, qual o valor das obrigações e o tipo de vínculo que foi contratado. Saiba tudo sobre a Central de Responsabilidades de Crédito neste artigo. 

Como funciona a Central de Responsabilidades de Crédito

Com a Central de Responsabilidades de Crédito, os bancos podem aceder ao registo das suas obrigações financeiras antes de se comprometerem em lhe conceder crédito, tornando os processos de avaliação de risco mais eficaz.

Sobre cada português, a CRC possui o nome, o número fiscal e o montante das obrigações efetivas e potenciais. Isso significa que o banco de dados regista não só aquilo que cada cidadão deve, mas também aquilo que tem disponível para gastar e que, gastando, se transforma em dívida (como, por exemplo, o saldo dos cartões de crédito).

Também consta da Central de Responsabilidades de Crédito informação sobre os incumprimentos de cada cidadão. Se você deixou de pagar um crédito, ou se pediu insolvência, por exemplo, essas informações vão lá estar.

As informações detalhadas não constam na CRC, desta forma, não é possível saber quem foram as instituições que lhe concederam créditos, nem em que condições. Só lá estão os números, que é o que interessa às instituições bancárias.

Para que serve a Central de Responsabilidades de Crédito

O principal objetivo da CRC é apoiar as entidades participantes na avaliação do risco da concessão de crédito, permitindo-lhes consultar informação agregada sobre o endividamento de quem lhes solicita crédito. Isto é, os bancos podem solicitar informações sobre os seus clientes e/ou potenciais clientes para avaliar a concessão de novos créditos.

Assim, a instituição poderá avaliar se a pessoa (ou empresa) tem capacidade para contrair mais um empréstimo – avaliando a taxa de esforço – e se tem os pagamentos em dia, com base nos dados disponíveis na Central de Responsabilidades de Crédito. A informação, por exemplo, de quais os bancos ou instituições onde têm os empréstimos não é facultada.

Esta base de dados conta com a colaboração de praticamente todas as instituições bancárias e de crédito que operam em Portugal. Todas entregam mensalmente um registo atualizado dos seus clientes, e assumem a obrigação de o fazer de forma verdadeira e transparente.

Exatamente quais os meus dados que estão disponíveis?

Entre as informações disponibilizadas pela CRC estão seus:  

  • Empréstimos para aquisição de habitação; 
  • Empréstimos para aquisição de automóveis, de mobiliário e de outros bens de consumo ou serviços; 
  • Empréstimos para aquisição de títulos (ações, obrigações, etc.); 
  • Desconto de letras e outros efeitos comerciais; 
  • Descobertos em contas bancárias; 
  • Operações de locação financeira (leasing) e de factoring; 
  • Montantes utilizados de cartões de crédito.  
  • Montantes não utilizados de cartões de crédito; 
  • Linhas de crédito contratadas; 
  • Garantias prestadas pelas entidades participantes; 
  • Fianças e avales; 
  • Quaisquer outras facilidades de crédito suscetíveis de serem convertidas em dívidas efetivas. 
  • Informações sobre declarações de insolvência de pessoas singulares e coletivas, emitidas pelos Tribunais.

Como acessar a CRC

Você também consegue ver os seus dados que estão disponíveis na Central de Responsabilidade de Crédito e é bem fácil:

  • Aceda ao site do Banco de Portugal;
  • Na barra superior, à esquerda, clique em "Particulares";
  • Escolha "Central de Responsabilidades de Crédito";
  • Leia atentamente as condições de acesso à Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) e, se concordar, aceite as condições;
  • Após aceitar as condições, clique em “obter mapa”. Se desejar obter informação histórica sobre as suas responsabilidades de crédito, selecione a opção correspondente e indique o mês e o ano pretendido.
  • Autentique-se com o seu cartão de cidadão ou com os seus dados do Portal das Finanças;
  • Abra (open) ou guarde (save) o ficheiro em formato PDF com o mapa de responsabilidades de crédito;
  • Para o visualizar, basta clicar para abrir o ficheiro;
  • No final, feche a sessão segura e, para sua segurança, apague o ficheiro PDF com o mapa de responsabilidades de crédito guardado na pasta de ficheiros temporários da internet.

O seu nome fica “sujo” ou entra para a lista negra do Banco de Portugal quando você está em incumprimento com as suas dívidas. Como consequência, você pode começar a enfrentar dificuldades a respeito da sua vida financeira, como a proibição da concessão de novos créditos e até penhora de bens, é aí que importa limpar o nome pagando suas dívidas, as renegociando ou pedindo a insolvência delas. 

Nos interesa leerte, déjanos tus comentarios.