Dívidas

Quando amortizar o crédito do automóvel vale a pena?

Amortizar crédito do automóvel é pagar adiantado uma parte da dívida que você fez com o banco para pagar a compra. Essa é uma forma de poupar muito dinheiro em juros, especialmente se a taxa de juro subjacente ao mesmo for elevada.

Amortizar crédito do automóvel é pagar adiantado uma parte da dívida que você fez com o banco para pagar a compra. Essa é uma forma de poupar muito dinheiro em juros, especialmente se a taxa de juro subjacente ao mesmo for elevada. A amortização de crédito do automóvel pode ser total – acaba com a dívida de vez – ou parcial – faz um pagamento mais avultado ao banco, mas continua com uma dívida em curso, embora mais reduzida.

Qualquer pessoa pode amortizar crédito de automóvel quando quiser, desde que essa possibilidade esteja prevista no contrato. A amortização pode ser feita de várias formas, mas é importante sempre consultar o acordo feito com o banco para ver quais delas são aceitas pela instituição credora. Saiba mais no post de hoje!

O que é a taxa de amortização

Ao pedir um crédito ao banco, terá de reembolsar o montante que lhe emprestaram através do pagamento de prestações (geralmente mensais). Este valor da prestação inclui os juros e a amortização do crédito, ou seja a remuneração e reembolso de parte do dinheiro que lhe emprestaram.

É possível reparar que no plano financeiro que lhe entregam quando você fecha o contrato, que na primeira prestação  sua maior parte são juros e só uma ínfima parte dela é amortização do capital. A explicação é que você está pagando juros sobre todo o valor que ainda deve. Desta forma, durante os primeiros anos as prestações representam essencialmente juros. Só muito mais tarde a maior parte da prestação será amortização de crédito.

Quando o cliente escolhe prazos mais curtos para pagar a dívida, a prestação mensal é mais elevada, já que o empréstimo será pago mais depressa. Em contrapartida, o total de juros pagos ao longo do empréstimo será mais baixo, pois o capital em dívida é amortizado mais rapidamente.

Já quando o cliente escolhe prazos mais longos, a prestação mensal é mais baixa e a amortização do crédito é mais lenta, uma vez que o empréstimo será pago em uma maior período de tempo. No entanto, como o capital em dívida é reembolsado mais lentamente, o total de juros pagos ao longo do empréstimo é mais elevado.

Tendo isto em conta a amortização do crédito do automóvel pode valer a pena ou não, principalmente de acordo com os termos do contrato que você fez com o banco. Continue lendo para entender melhor!

Quando devo amortizar o crédito do automóvel?

O crédito automóvel pode ser amortizado em parte ou na totalidade. Significa isto que o cliente tem direito a pagar o montante em dívida, ou parte dele, antes do prazo definido no contrato. O cliente que queira amortizar o crédito do automóvel deve notificar a instituição de crédito com pelo menos 30 dias de antecedência, por carta ou outro suporte duradouro.

Amortizar o crédito do automóvel pode ser uma boa escolha ou não, a depender de alguns fatores. Se o crédito que ainda tem que pagar é de um valor alto, há mais chances de ser um bom negócio para você. Se vai conseguir amortizar totalmente ou uma grande fatia de uma só vez, também. 

Mas se você for perder nos produtos associados um valor maior do que o que vai ganhar com a redução dos juros e das comissões, a amortização de crédito do automóvel não é uma boa opção.

Por outro lado, se só vai conseguir amortizar crédito aos poucos e pagar taxas em cima de taxas com muita regularidade, provavelmente não compensa. O ideal é colocar os números no papel e fazer as contas do que vale mais a pena. 

Faça contas e decida

Para saber se a amortização de crédito do automóvel vale a pena ou não, é simples: some tudo o que ganha ao amortizar aquele valor. Escreva a taxa de juros, o valor da prestação que paga e o prazo do empréstimo. 

Do outro lado, some o quanto pode poupar em juros, comissões ou outros encargos como o seguro de vida (caso esteja associado ao crédito) se fizer uma amortização parcial ou total. Se o valor dos ganhos é mais alto do que o da conta das perdas, aí está sua resposta.

Nos interesa leerte, déjanos tus comentarios.